quarta-feira, 8 dezembro 2021
InícioGeralBlumenau é referência mundial na prevenção de desastres

Blumenau é referência mundial na prevenção de desastres

Prevencao_Japao

Com a viagem do secretário Marcelo Schrubbe ao Japão, parceria entre Blumenau e Jaica está firmada

O secretário de Defesa do Cidadão, Marcelo Schrubbe, já está voltando da viagem que fez para o Japão. Ele foi convidado pelo governo japonês e, junto com uma comitiva composta por 16 pessoas do Governo Federal, dos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina, e também das cidades de Nova Friburgo e Petrópolis, viajou no dia 22 de fevereiro. Durante a visita, Schrubbe confirmou a participação de Blumenau em uma parceria com a Japan International Cooperation Agency (Jica) e conheceu todos os sistemas de prevenção a desastres naturais que o país possui.

Conforme explica o secretário, o Japão já trabalha com assistência técnica e tecnológica com Blumenau há mais de uma década, através da Jica. Há cerca de três anos o governo de Santa Catarina também mantém contato com os japoneses e, agora, o Governo Federal é quem está fechando a parceria. “Blumenau foi convidada para servir de exemplo ao governo brasileiro como uma cidade que já tem a parceria com a Jica e aplica suas sugestões o que, por consequência, nos torna uma das cidades mais resilientes do Brasil”, esclarece Marcelo.

Schrubbe ainda conta que a viagem não foi um treinamento simples, mas sim uma apresentação de Blumenau, Nova Friburgo e Petrópolis para o governo Japonês. Estas são as três cidades do Brasil que firmaram parceria com a Jica, cumprindo os requisitos, e agora servirão de referência para os próximos quatro anos, trocando experiências e tecnologias para a solução de problemas relacionados aos desastres naturais com outros países e cidades.

Técnicos no programa

A partir de agora, técnicos de cada uma das três cidades participarão de cursos, custeados pelo governo do Japão, e conduzirão o projeto. Em Blumenau, três técnicos acompanharão o programa e serão o elo entre o município, o governo brasileiro e o governo japonês.

O secretário relata que muito do que aprendeu no Japão poderá ser aplicado em Blumenau, desde rotinas e protocolos nas situações de alerta, alarme e evacuação até a estrutura, área para a qual ele se compromete a buscar os recursos necessários para a implantação. “Em suma, há muita coisa que podemos aproveitar da experiência japonesa, mas, ressalto, será necessário investimento. Tudo o que for possível para melhorarmos os nossos protocolos e procedimentos aplicaremos em curto prazo e vamos, juntos, buscar os recursos que precisamos”, garantiu Marcelo Schrubbe.

via PMB | Texto: Andressa Scaburri

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS