quinta-feira, 20 janeiro 2022
InícioGeralBlumenau calculou um prejuízo de R$ 769,23 mil para reconstrução por causa...

Blumenau calculou um prejuízo de R$ 769,23 mil para reconstrução por causa das chuvas

 

Fotos: Rodrigo Quadros

A Secretaria de Estado da Defesa Civil realizou nesta segunda-feira (29/01/18), uma reunião com prefeitos dos municípios atingidos pelas chuvas dos últimos dias. No encontro em Florianópolis, participaram os prefeitos de Sangão, Gaspar, Blumenau, Penha, Porto Belo, Presidente Getúlio, São Francisco do Sul, Vargem, Itapema e Bom retiro. Já no Centro Regional de Xanxerê, os prefeitos de Coronel Martins, Galvão e Marema participaram via vídeoconferência. Em Brasília, o secretário Nacional de Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, também interagiu via vídeoconferência.

 

 

De Blumenau,  participaram do encontro o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB); o Secretário de Defesa do Cidadão, Rodrigo Quadros; o Senador Dalírio Beber (PSDB); o Deputado Federal, João Paulo Kleinubing; entre outros. Para reconstruir o município, foi calculado um valor de R$ 769.239,55.

Também foi publicada  a homologação do decreto de situação de emergência. Nos próximos dias, duas técnicas da Secretaria Nacional de Defesa Civil estarão em Blumenau para auxiliar na elaboração dos planos de trabalho. A primeira chegou nesta segunda-feira e vai trabalhar diretamente nas ações emergenciais já realizadas pela Prefeitura. Segundo levantamento prévio, já foram investidos cerca de R$ 769 mil nas ações de resposta, como desobstrução de ruas, remoção de entulhos, entre outros.

Na quarta-feira (31), chega a segunda profissional que vai ajudar na elaboração do plano de resposta para a reconstrução das áreas públicas atingidas. A primeira previsão da Prefeitura aponta que seriam necessários R$ 13 milhões para a recuperação de ruas, calçadas, pontes e prédios públicos que foram atingidos. Tanto este valor quanto o de resposta podem mudar de acordo com o levantamento que será finalizado até o fim desta semana.

O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, explicou que o objetivo da audiência é acelerar o atendimento dos municípios entre Governo do Estado e Governo Federal. “Nossa intenção é ser ágil na resposta ao cidadão. Este encontro dá celeridade aos municípios quanto aos planos de trabalho em construção. Isso faz com que o serviço seja mais rápido”, comenta.

“O próximo passo agora é elaborar os planos de trabalho para a reconstrução da cidade, especialmente na região da Rua Araranguá. Esse reconhecimento da situação de emergência também é bom para as pessoas que foram atingidas, que podem conseguir linhas de crédito para se recuperar”, disse o prefeito. Sobre a liberação do FGTS, Bernardes citou o envolvimento de parlamentares da região, entre os quais o senador Dalírio Beber e o deputado federal João Paulo Kleinubing, como mediadores junto à Caixa Econômica Federal.

 

 

Os prefeitos dos municípios que participaram da reunião em Florianópolis, no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), e no Cigerd Regional em Xanxerê, estão com os documentos em trâmite para homologação e reconhecimento. Estiveram presentes ainda lideranças políticas de Santa Catarina.

Com informações de Cleiton Ferrasso (Secretaria de Estado da Defesa Civil – SDS) e Julimar Pivatto (Prefeitura de Blumenau)

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS