Benkendorff Kaffe vence licitação para administrar a praça Dr. Blumenau por 10 anos

A proposta do grupo é criar um espaço pensado no convívio e bem estar dos blumenauenses e visitantes.

558

A Dr. Blumenau Kaffee foi a vencedora para administrar pelos próximos 10 anos o espaço na Praça Dr. Blumenau, no Centro da cidade. As propostas de preço foram abertas na manhã nesta sexta-feira (18/12/20) e a empresa que faz parte do Grupo Benkendorff Kaffe foi a vencedora. Após o fim da concessão, ela poderá ter o contrato renovado por outra década.

O valor mensal para à prefeitura será de R$ 3,5 mil, totalizando R$ 420 mil em 10 anos. De acordo com o secretário de Turismo e Lazer e presidente do Parque Vila Germânica, Marcelo Greuel, “essa é uma conquista do Turismo de Blumenau, que volta a se posicionar como referência em gestão de espaços de lazer”. Ele explica que o valor mensal será revertido ao Fundo Municipal de Turismo, com o objetivo de dar ainda mais protagonismo à entidade.

Jonathan Benkendorff, sócio-proprietário do Grupo Benkendorff Kaffe, explica que a proposta do grupo é criar um espaço pensado no convívio e bem estar dos blumenauenses e visitantes. Um espaço moderno, aberto com playground e espaço pet. “Queremos fazer da praça um novo ponto de turismo e de lazer, onde o blumenauense se sinta acolhido e seguro”, afirma.

Concessão

O edital de concessão elaborado pela Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer e Parque Vila Germânica, em parceria com a Secretaria de Planejamento Urbano, contempla a construção de um quiosque de alimentação, prevendo ainda uma área externa para mesas e cadeiras.

Além disso, o concessionário também poderá vender souvenires, construir uma área pet friendly e decorar o espaço. A empresa deverá manter a limpeza, paisagismo, pintura e troca de mobiliário urbano em caso de necessidade. Também será de responsabilidade do vencedor a reforma dos banheiros públicos e do palco onde ocorrem eventos culturais. O espaço deverá estar funcionando até 31 de dezembro de 2021.

Com informações de Julia S. Schaefer