Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Aulas presenciais na rede municipal voltam na segunda-feira (26/10) em Blumenau

 

 

 

Foto: Marcelo Martins

 

Com a publicação da Portaria 778, das Secretarias de Estado da Saúde e da Educação, nesta segunda-feira (2/10/20), retornam as aulas presenciais em Blumenau, que atualmente se encontra no nível alto da matriz de risco. Por enquanto será somente para a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A prefeitura segue o decreto do governo de Santa Catarina, mas sempre tem deixado claro que estudantes e professores podem continuar as aulas pela plataforma online, sem prejuízo do ano letivo. Ou seja, ninguém é obrigado a ir para as unidades.

Por enquanto, o retorno para as próximas turmas da Educação Básica, que inclui ensino fundamental e educação infantil,  dependerá da situação da pandemia da Covid-19 nos próximos dias. Recentemente houve um aumento nos atendimentos nos Ambulatórios Gerais e de novos casos confirmados.

O reflexo direto são os casos de síndrome gripal nos fast-tracks dos sete AGs. Na semana epidemiológica 40, a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) registrou 842 consultas e 274 novos casos.

Na semana 41, o número de consultas aumentou para 1.066; e na 42, foram atendidas 1.099 pessoas com síndrome gripal. Com relação ao número de casos, houve um aumento de 136 na última semana epidemiológica na comparação com a anterior.

 

Pesquisa com pais e responsáveis

O retorno para os estudantes do EJA levou em conta a pesquisa realizada com os pais e responsáveis pelos estudantes da Rede Municipal. Aproximadamente 26 mil pessoas responderam a pesquisa e 74% delas preferem seguir o ano letivo apenas com as atividades não presenciais (por meio digital e material físico entregue nas unidades).

A prefeitura destaca que a Secretaria de Educação e o Comitê Municipal de Retorno às Aulas Presenciais trabalham para garantir a volta às atividades presenciais com segurança sanitária, tanto para os estudantes, quanto os profissionais.

Os gestores das Instituições de Ensino também estão sendo acompanhados e orientados para elaboração do Plano de Contingência Escolar, com base no Plano Municipal de Contingência (Plamcon) que já está disponível de forma online e pode ser acessado clicando aqui.

 

Rede privada de ensino

As instituições privadas têm autonomia para definir a melhor forma de retorno das atividades presenciais de acordo com as necessidades de cada instituição e sua comunidade escolar, seguindo as legislações do Governo Estadual.

 

Situação em outros locais

Outras cidades no Brasil também enfrentam problemas para retorno presencial das aulas. O município de Caxias, por exemplo, que possui 415 mil habitantes, pouco mais que Blumenau, anunciou que o quadro de professores terá que ser revisto para o retorno das aulas.

Já em Joinville, o retorno, que foi anunciado para o dia 20 de outubro, foi adiado por conta da permanência da região no nível grave da matriz de risco.

Além disso, em nível mundial, França, Israel e Reino Unido tiveram que fechar suas escolas com o registro do aumento de focos de contágio após o volta às aulas. Todas essas situações fazem nossos gestores avaliarem melhor e adiarem o volta às aulas de Blumenau.

 

Grupo Telegram
Grupo WhatsApp

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top