segunda-feira, 8 março 2021
Início Geral Atente-se aos problemas de saúde mais comuns em viagens (e saiba como...

Atente-se aos problemas de saúde mais comuns em viagens (e saiba como evitá-los)

Os problemas de saúde mais comuns em viagens são diversos, e podem afetar até mesmo quem está com a saúde em dia. A questão é que, muitas vezes, a mudança de ambiente e de alimentação não faz bem ao organismo. E, então, surgem os desconfortos que podem atrapalhar o passeio ou o compromisso de negócios.

A boa notícia é que muitos dos problemas podem ser prevenidos com alguns cuidados básicos. A seguir, você poderá descobrir cada um deles e garantir uma viagem ainda melhor. Acompanhe!

 

 

5 problemas de saúde mais comuns em viagens

1. Infecções alimentares e cinetose

Quando sua viagem acontece em altas temperaturas, você fica mais sujeito a infecções alimentares. Isso porque, o calor facilita o desenvolvimento de bactérias nos alimentos. Especialmente aqueles vendidos na rua ou na praia, que não contam com grande cuidado sanitário.

Para evitar esse tipo de situação, dê sempre preferência a espaços com saneamento adequado. Também é importante manter a hidratação do corpo, mas com água sempre mineral e potável.

Outra ocorrência comum é a mudança drástica do seu cardápio. Acostumado ao cardápio brasileiro, por exemplo, o seu organismo pode estranhar bastante as comidas de uma viagem para China. Nessas situações, é importante ter cuidado para as quantidades de alimentos consumidas. Assim como com os condimentos utilizados pela nova cultura.

Dessa forma, mesmo que não haja realmente uma infecção alimentar, seu corpo poderá reagir com diarreia, enjoo e a sensação de mal-estar contínuo.

A cinetose é uma doença comum aos viajantes também e engloba os sintomas parecidos com uma infecção, então fique de olho.

Nesses casos, invista novamente na hidratação e em medicamentos específicos, como o Scopoderm, por exemplo, que trata-se de um adesivo para tratar a cinetose em viagens, conforme exemplificado na imagem abaixo da Euroclinix. Ele evita náuseas e controla a hipersalivação, que causa o desconforto em viagens.

Entenda como funciona melhor a cinetose e fique atento:

 

 

2. Lesões ortopédicas

Imagine que a sua viagem envolva caminhadas ou esportes. Se você não possuir um condicionamento físico já interessante, poderá enfrentar vários problemas ortopédicos. Pés e joelhos costumam ser bastante afetados e, mais do que provocar dor, podem necessitar de atendimento médico.

Uma dica, neste caso, é manter a sua prática física durante todo o ano. Assim, durante suas viagens, seu corpo estará melhor preparado para o ritmo intenso. Lembre-se, ainda, de sempre realizar alongamentos, antes e depois da atividade física. Mesmo que ela seja simples, como uma caminhada. Esse cuidado poderá evitar traumas e rupturas agudas.

3. Dor de ouvido

Principalmente ao viajar de avião, muitos indivíduos reclamam de dores de ouvido. Elas acontecem porque, especialmente na decolagem e aterrissagem, a mudança de pressão atmosférica na aeronave é brusca. Em casos extremos, essa mudança pode até romper o tímpano.

Se você deseja prevenir situações como essa, invista em protetores auriculares. Durante todo o voo, ao aproveitar o mar ou a piscina. Os acessórios podem ser facilmente encontrados no mercado, inclusive em farmácias.

4. Infecções respiratórias

Em espaços com ar-condicionado, é comum que o equipamento retire a umidade do ar, mas de modo exagerado. Como resultado, há o ressecamento das vias respiratórias dos indivíduos, o que favorece o desenvolvimento de alergias e infecções.

Neste caso, a prevenção contra o problema de saúde é manter-se hidratado, e utilizar solução nasal algumas vezes por dia. Durante a noite, você pode investir em um umidificar de ar, bacia de água ou toalha molhada no quarto.

5. Trombose

Permanecer muito tempo na mesma posição, inclusive em voos, pode favorecer a trombose. Isso porque, a pouca movimentação diminui o fluxo sanguíneo, especialmente nas pernas. Como resultado, o sangue encontra dificuldades em retornar pelas veias, propiciando a formação de coágulos.

Por isso, durante a viagem, mexa-se! Alongamentos e pequenas caminhadas, mesmo entre cômodos ou no corredor do avião, podem ajudar. Também vale a pena investir na hidratação.

Agora você já conhece os problemas de saúde mais comuns em viagens. Previna-se e garanta que o seu passeio será cheio de ótimas lembranças!

Fonte: Bem Estar

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS