terça-feira, 28 setembro 2021
InícioGeralAtenção: o sistema de transporte coletivo pode aderir à greve dos servidores

Atenção: o sistema de transporte coletivo pode aderir à greve dos servidores

Nesta manhã de terça-feira, o SINDETRANSCOL – Sindicato dos Empregados das Empresas Permissionárias do Transporte Coletivo Urbano de Blumenau e Gaspar – emitiu uma nota na página do Facebook e no site, avisando que poderá aderir à greve dos servidores públicos. Segundo a nota, apesar de trabalharem em empresas privadas, eles prestam um serviço público de transporte.

Caso isso aconteça, Blumenau pode parar em função de um greve. Espero que o impasse se resolva, pois a cidade e seus cidadãos serão os maiores prejudicados.

Confira nota emitida:

TRABALHADOR(A) MUNICIPAL EM LUTA É A NOSSA LUTA

Nossa categoria está em luta nos municípios de Gaspar e Pomerode, mas os patrões desrespeitosamente se NEGAM A NEGOCIAR com seriedade. Os prefeitos e vereadores(as) desses municípios NADA FAZEM, não estão nem aí para o transporte e a população. No entanto, quando a categoria se mobiliza, SÃO OS PRIMEIROS A DEFENDER OS PATRÕES e nos acusar de radicais e de fazer o povo de refém. Nós trabalhamos em empresas privadas, mas PRESTANDO UM SERVIÇO PÚBLICO de transporte, que é OBRIGAÇÃO DA PREFEITURA exatamente, como é a saúde, a educação/creche, o saneamento/água, o trânsito etc.

Os(as) trabalhadores(as) do serviço público municipal de Blumenau também estão em luta, exatamente como a gente. Chamados de servidores(as) públicos(as), na verdade SÃO TRABALHADORES(AS) DO SERVIÇO PÚBLICO, trabalham atendendo a população em serviços importantes. Assim, trabalhadores do transporte, da saúde, da educação/creches e outros serviços públicos, são exatamente IGUAIS, no fundo temos nos prefeitos/vereadores(as) os responsáveis/administradores(as) pelo serviço em que trabalhamos, como os patrões na iniciativa
privada.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS