quarta-feira, 27 outubro 2021
InícioCulturaAnne Schneider apresenta dois concertos com órgão de tubo em Blumenau

Anne Schneider apresenta dois concertos com órgão de tubo em Blumenau

As apresentações serão no formato virtual, transmitidas pelas redes sociais. Saiba mais detalhes.

Os dois principais órgãos de tubos da cidade vão ecoar seus acordes no próximo final de semana em Blumenau. A organista gaúcha Anne Schneider fará dois concertos com transmissão ao vivo pelos canais da Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais. (SMC) e Igreja Evangélica de Confissão Luterana Paróquia Centro (IECLB).

As apresentações marcam dois momentos importantes para a história da música blumenauense. O primeiro concerto será na Igreja Luterana Paróquia Centro Blumenau, sexta-feira (14/05/21), às 19h, com transmissão pelas redes sociais da SMC e da IECLB e participação especial de Simone Westphal. O imóvel, tombado como patrimônio histórico nacional, passará por restauro e consequentemente o instrumento de som também necessitará de ajustes e manutenções. A previsão inicial é de que ele fique silenciado por 24 meses.

O outro órgão, instalado na Catedral São Paulo Apóstolo, depois de anos parado em manutenção, acabou de ser totalmente reformado e voltará a soar dentro do templo, marcando o concerto de Anne Schneider a reabertura de utilização desse instrumento de som no espaço. A apresentação será sábado, dia 15 de maio, às 20h15, também nas redes sociais. Para os dois dias, estão programadas apresentações de músicas sacras, brasileiras e obras de compositores conhecidos.

Os dois eventos contam com o apoio do Shopping Neumarkt e Consulado Honorário da Alemanha. O evento na Igreja Espírito Santo conta ainda com o apoio da Rádio União FM, Alameda Haus e Escola Barão.

Trajetória

Anne Schneider é uma organista brasileira, filha do organista, maestro e compositor Leo Schneider. Iniciou-se na música muito cedo, tendo aulas com o pai, com a mãe Maria Helena, cantora, professora de piano e canto, e com Harriet Hofmann, professora de piano no Conservatório de Música Leo Schneider, do Colégio Americano, de Porto Alegre (RS). Cursou Bacharelado de Órgão (instrumento) e piano e fez Licenciatura em filosofia todos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Também concluiu o Curso de Virtuosidade na mesma instituição. Atualmente é organista titular da Comunidade Martin Luther, IECLB de Porto Alegre, onde coordena encontros internacionais de órgão.

Anne Schneider atua por quase três décadas em festivais internacionais e séries famosas (em torno de mil concertos) na Alemanha, Argentina, Chile, Bélgica, Brasil, Eslováquia, Estados Unidos, França, Inglaterra, Itália, México, Polônia, Portugal, Uruguai e Suíça, nas catedrais e basílicas de Buenos Aires, Montevideo, Paysandu, Niterói, Morelia, Guadalajara, Pompeia, Brugge, Bourges, Köln, St. Blasien, Dijon, Blois, Varsóvia, Cracóvia, Altenberg, Sens, Hannover, Heiligenstadt, Karlsruhe, Munique, Valparaíso e Liverpool, e na Catedral Imperial de Petrópolis-Rio, entre outras.

Anne Schneider possui oito CDs gravados, sendo um deles solo – foi o primeiro CD de órgão da Região Sul, mostrando autores do Brasil, além de dois DVDs (um deles relativo aos 25 anos de carreira), gravações em cassetes e para televisões e emissoras de rádios internacionais.

A organista produz e apresenta o programa Toccata, na Rádio da UFRGS-AM 1080, desde 1999. Atualmente é conselheira da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA). Em dezembro de 2011 recebeu a medalha da Legislatura na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Teve seu nome incluído em renomado site polonês Organy Piszczalkowe,como uma dos 100 melhores organistas do mundo.

Igreja Luterana Paróquia Centro Blumenau
Horário e data: às 19h de sexta-feira (14/05)
Onde ver: no Instagram @culturablumenau, no Facebook fundacaoculturaldeblumenau e comunidadeblumenaucentro e no Youtube Luterana Blumenau Centro

Catedral São Paulo Apóstolo
Horário e data: às 20h15 de sábado (15/05)
Onde ver: no Instagram @culturablumenau e no Facebook fundacaoculturaldeblumenau

Autores brasileiros que lhe dedicaram obras

Amaral Vieira – Sinfonietta
Bruno Kiefer – Reflexóes
Calimério Soares – Prelúdios Folclóricos
Handel Cecilio – Baião para Orgão
Hubertus Hofmann – Mensagem Celestial
Julio Posenato – Oracion Dela Note
Leo Schneider – Fantasia
Paulo Dorfman – Marcha de Entrada
Marcelo Bruno Rodrigues – “18 Pequenas Saídas/Poslúdios” e “42 Pequenos Prelúdios”

A história do órgão de tubos

Desde os tempos mais remotos a música é usada como louvor. E um dos instrumentos mais importantes para a Igreja Cristã é o órgão, considerado por Mozart como o “rei dos instrumentos”. A Igreja Luterana é conhecida mundialmente como “A Igreja da Música”, pois os maiores compositores nasceram na Alemanha entre os séculos 17 e 19, a maioria luteranos, e compuseram hinos para a igreja à qual pertenciam. Também foi nessa época que a música sacra luterana começou a se espalhar pelo mundo e chegou até as Américas.

Órgão de Tubos da Igreja do Espírito Santo

O órgão de tubos que está hoje na Igreja do Espírito Santo foi o primeiro construído no Brasil pela firma Guilherme Berner, do Rio de Janeiro. O instrumento foi adquirido pela comunidade em 1930 e a inauguração ocorreu em 1933. A finalidade principal era acompanhar a comunidade em seus hinos e em cerimônias de casamentos e formaturas. Ao mesmo tempo, desde o início da sua história, a Igreja Evangélica Luterana serviu como uma “sala de concertos” para a sociedade blumenauense, prestando importante contribuição social. O último restauro aconteceu em 1994. Em função das obras de manutenção da Igreja Luterana o instrumento passará novamente por todo o processo de manutenção, o que deve durar aproximadamente 24 meses.

Órgão de Tubos da Catedral São Paulo Apóstolo

Com 862 tubos, o Órgão foi construído pela fábrica Faber & Greve (Salzhemmendorf, Hannover, Alemanha), em 1926. Possui ainda sua tração original do tipo pneumática com someiro com sistema de acionamento por membranas de couro. Apresenta dois teclados com 56 notas cada e um Pedal de 30 notas. Era o órgão da antiga Igreja Matriz e instalado na nova, hoje Catedral, pelo mestre organeiro Siegfried Schürle. Inaugurado na missa de páscoa do ano de 1927, possui 15 registros e sete acoplamentos. Depois de anos parado, dado a necessidade de restauro, foi totalmente e agora está novamente a disposição da comunidade.

Por Sérgio Antonello [SECOM/BNU]

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS