Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Agentes de Combate a Dengue vão fazer estudo sobre o Aedes aegypti em Blumenau

 

 

 

Foto: James Tavares | SECOM/SC

 

A partir da próxima semana, a equipe do Programa de Combate a Dengue, da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) vai iniciar o Levantamento de Índice Rápido Amostral (LIRAa), o segundo feito este ano. O LIRA faz parte das ações de combate ao mosquito Aedes aegypti e será desenvolvido até o fim de novembro.

Neste período, todas as 1.650 armadilhas instaladas na cidade serão desativadas para o levantamento. Visitas serão feitas por 65 agentes de endemias, simultaneamente em diversos bairros da cidade, a fim de verificar cerca de 40 mil imóveis. O levantamento serve para verificar a atual situação entomológica em relação ao Aedes no município.

Os agentes da Semus estarão identificados com uniforme e crachá que traz nome e matricula do profissional contratado pela Prefeitura de Blumenau. As fotos de todos os agentes que farão as visitas estão disponíveis no site da Prefeitura.

Até o dia 26 de outubro, são 1.010 focos do mosquito Aedes aegypti no município. Em todo o ano de 2019, foram registrados 308 focos. Os bairros Centro, Itoupava Seca, Velha, Victor Konder, Vila Nova, Jardim Blumenau, Água Verde e Itoupavazinha são considerados infestados.

Levantamento feito em março

Um primeiro levantamento havia sido feito em março. Naquela época mesmo diante da pandemia de Coronavírus, os agentes de endemias visitaram mais de 5 mil residências, dos 165 mil imóveis do município. No fim de março, o município contabilizava 394 focos nos bairros Água Verde, Garcia, Itoupava Seca, Salto do Norte e Velha.

Dicas e cuidados para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

– Elimine água parada de todos os recipientes;
– Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda
– Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo
– Mantenha lixeiras tampadas
– Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água
– Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água
– Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana
– Mantenha ralos fechados e desentupidos
– Lave recipientes com depósito de água, como potes de comida e água dos animais, com escova ou esponja e detergente, no mínimo uma vez por semana
– Se for necessário que o recipiente fique com água, como no caso de ralos, utilize hipoclorito
– Retire a água acumulada em lajes
– Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados
– Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário
– Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue

Por João Vitor Korc [SECOM/BNU]

Tags ,

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top