domingo, 24 outubro 2021
InícioSaúdeCoronavírusAgendamento de vacina contra a covid-19 já pode ser feito por idosos...

Agendamento de vacina contra a covid-19 já pode ser feito por idosos de 90 anos ou mais

Ao todo estão disponíveis 985 vagas para o agendamento.

A Secretaria Municipal de Saúde informou nesta terça-feira (09/02/21), que os idosos de 90 anos ou mais já podem fazer o agendamento para receber a vacina contra a Covid-19. A medida é por conta das 1.600 doses de vacina que a Prefeitura de Blumenau deve receber até o fim da tarde de hoje. De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (DIVE), deste total de vacinas, 985 serão destinadas aos idosos com 90 anos ou mais. Esta é a primeira remessa destinada a este grupo prioritário da campanha.

O agendamento da vacina contra o Coronavírus pode ser feito no site da Prefeitura de Blumenau, pelo aplicativo Pronto Mobile e também pelo Alô Saúde, no telefone 156 (opção 2). Após receber a primeira dose da vacina, o sistema automaticamente agenda o retorno para a segunda imunização, dentro do prazo adequado. A partir desta semana, seis equipes vão atender os agendamentos no Setor 1 do Parque Vila Germânica, das 8h às 19h.

A ação marca o início da 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 na cidade. Blumenau segue as determinações da Campanha Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde (MS) e as deliberações da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde. Assim que uma nova remessa de doses chegar ao município, uma nova agenda será aberta para os idosos do grupo que não conseguiram garantir a vacina.

Idosos acamados serão vacinados em casa

Os idosos com 90 anos ou mais que estão acamados devem ligar no telefone 156 (opção 2) para sinalizar a necessidade de receber uma equipe da Secretaria de Promoção da Saúde em casa para a vacinação.

O atendimento deste grupo prioritário está previsto na Nota Técnica nº 001 GEVIM/DIVE/SUV/SES de 08 de fevereiro de 2021, que orienta a vacinação contra Covid-19 nos idosos acima de 90 anos em Santa Catarina.

MAIS LIDAS