sábado, 16 janeiro 2021
- Propaganda -
Início Eventos 2º Encontro do Proler da cidade de Gaspar inicia na próxima terça-feira...

2º Encontro do Proler da cidade de Gaspar inicia na próxima terça-feira (20)

02:45

livros

Começa na próxima terça-feira (20) o 2º Encontro do Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler) da cidade de Gaspar. A programação inicia com o espetáculo “Memórias de uma menina” com a contadora de histórias Gilmara Mendes Goulart. O evento acontecerá na Biblioteca Pública Municipal Dom Daniel Hostin, às 14h30. O espetáculo é aberto gratuitamente ao público e voltado para crianças até sete anos.

O espetáculo “Memórias de uma menina” será apresentado também na quarta-feira (21) em duas sessões: no período matutino, às 9h30, no CDI Tia Maria Elisa, e no período vespertino, às 14, no CDI Vovó Leonida.

A programação do 2º Encontro do Proler da cidade de Gaspar prossegue no dia 27 de janeiro, com a abertura oficial do evento. A abertura acontecerá às 19h, no Auditório da Prefeitura, com a palestra “Em busca do leitor literário”, ministrada pelo mediador de leitura Cleber Fabiano da Silva. Paralelo à abertura, ocorrerá o lançamento do livro “Em busca do leitor literário: um passeio com Chapeuzinho Vermelho”, de Cleber Fabiano da Silva. O evento é aberto gratuitamente ao público.

Além disso, no dia 28 de janeiro serão promovidas duas oficinas, das 8h às 12h e das 13h às 17h. A primeira oficina terá como tema “Construindo o leitor competente”, com a professora Regina Maria Braga, no Auditório da Prefeitura. Já a segunda oficina terá como tema “Em busca do leitor literário”, ministrada pelo mediador de leitura Cleber Fabiano da Silva, na Biblioteca Pública.

A programação do Encontro do Proler encerra no dia 03 de fevereiro com o espetáculo “Mundão de histórias”, ministrada pelo contador de histórias Daniel Rosa dos Santos. O evento acontecerá na Biblioteca Pública, às 15h, e é aberto gratuitamente ao público.

Sobre o 2º Encontro do Proler da cidade de Gaspar

O evento tem o apoio do Ministério da Cultura, da Global Editora, do Proler de Gaspar e da livraria Livros e Livros. O encontro tem como objetivo oportunizar aos participantes reflexões sobre a leitura, o papel do mediador e os critérios para a seleção de textos, considerando toda a sua diversidade.

Sobre o espetáculo “Memórias de uma menina”

“Memórias de uma menina” é um espetáculo de contação de histórias que narra a história de uma menina serelepe que passa seus dias de férias espiando o que tem nos bolsos da saia de sua mãe. Esses bolsos são mágicos e encantadores e permitem à menina junto de sua mãe constituir suas mais lindas heranças familiares. O espetáculo tem duração aproximada de 30 minutos.

Sobre o espetáculo “Mundão de histórias”

Os contos populares (contos de fadas, causos, lendas, mitos, etc.) estão entre nossos primeiros contatos com o mundo da literatura e da fantasia. Essas histórias, com sua magia e seus prodígios, lançam sobre nós um encantamento inesquecível, capaz de durar a vida inteira, além disso, contribuem significativamente na estruturação da linguagem e no desenvolvimento psicológico infantil. Todos os povos têm seus contos populares – seu acervo de literatura oral, mantido vivo e permanentemente atualizado, através das narrativas feitas ao pé do fogo e mais recentemente nas escolas, bibliotecas e salas de espetáculo.

Sobre a oficina “Construindo o leitor competente”

“Construindo o leitor competente” é uma oficina voltada para subsidiar o trabalho do professor de todas as áreas do conhecimento nas questões relativas à compreensão, interpretação e elaboração de textos. O desenvolvimento da leitura e, consequentemente, da escrita são tarefas da escola, uma responsabilidade coletiva, uma vez que são habilidades indispensáveis para a formação de um estudante.

Sobre a oficina “Em busca do leitor literário”

A oficina “Em busca do leitor literário” traz reflexões acerca da literatura contemporânea, especialmente no que se refere aos conceitos pós-modernos presentes na linguagem literária, bem como possibilita o contato com obras de revestimentos e desconstrução dos clássicos para uma análise mais competente e crítica.

Sobre os palestrantes

Regina Maria Braga

Professora de Língua e Literatura Portuguesa e Brasileira, com grande vivência em sala de aula. Tem experiência na formação de profissionais de Educação na área de leitura, tanto na rede privada como na rede pública, tendo participado de projetos como o Museu da Língua Portuguesa, a Teia do Saber e o Programa ADI Magistério. É autora do livro Construindo o leitor competente e assessora pedagógica da Global Editora.

Cleber Fabiano da Silva

Graduado em Letras, mestre em Educação e doutorando em Educação. É diretor pedagógico da Fatum Assessoria Educacional e professor nos cursos de graduação e pós-graduação na área da Educação. Participou de congressos internacionais como contador de histórias em Portugal, Itália, Argentina, Colômbia, Cuba, México e Irã.

Gilmara Mendes Goulart

Graduada em Pedagogia, especialista em Educação: Leitura, Literatura e Letramento e mestre em Educação. Coordena o Grupo Uni Duni Tê – Contadores de Histórias da Fundação Cultural, em Timbó. Media ações literárias na Casa do Poeta Lindolf Bell e na Biblioteca Pública Municipal Professor Péricles Prade em Timbó. Organiza espetáculos de contações de histórias, ministra oficinas literárias e oferta contações de histórias. Atua em cursos de pós-graduação em Contação de Histórias e Literatura Infantil, com as disciplinas: Letramento Literário, Formação do Leitor Literário e Contos de Fada. Sua principal publicação é “Narrativas tecidas no letramento familiar: histórias de idosos produtores de textos”, uma dissertação de Mestrado.

Daniel Rosa dos Santos

Daniel é psicólogo e tem especialização em Planejamento, Gestão e Marketing. Contador de histórias, escritor e produtor cultural, é membro fundador do grupo NHOC, Contadores de Histórias. A partir de 2003 idealizou e passou a realizar o projeto “Hora do Conto nas Escolas Públicas” que já levou os contos populares para mais de trinta mil crianças da rede pública de Itajaí e região, sendo que em 2005, 2006 e 2007 o projeto foi patrocinado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Itajaí (SC). Em 2010, teve projeto de incentivo à leitura premiado pelo Ministério da Cultura através da Bolsa Funarte de Circulação Literária, onde contou histórias e ministrou oficinas de escrita e contação de histórias para alunos e professores da rede pública de ensino nos estados de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.

Sobre o Proler de Gaspar

O Proler em Gaspar foi criado em 15 de janeiro de 2012 e instalado oficialmente em 8 de outubro de 2012. O convênio, estabelecido entre a Prefeitura Municipal de Gaspar e a Fundação Biblioteca Nacional, tem por objetivo apoiar, incentivar, organizar e planejar ações em torno do livro, da leitura, da biblioteca e de outras maneiras de promoção de leitura.

via SECOM/Gaspar
Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br
- Propaganda -  
 
 
 
 

MAIS LIDAS

Vídeo: rio Itajaí-Açu passa dos 5 metros e ameaça carro estacionado no Centro de Blumenau

Com isso chega ao nível de atenção. Desde a zero hora até às 13h desta quinta-feira (17/12) o volume de água dobrou.

Jovem de 25 anos morre afogado no rio Encano, em Indaial (SC)

Os Bombeiros Voluntários foram acionados às 16h19 desta sexta-feira (25/12) e chegaram a levá-lo ao hospital, mas ele não resistiu.

Mais de 10 corpos foram resgatados sem vida na tragédia de Presidente Getúlio (SC)

Um deles é de uma criança com idade entre 4 e 5 anos. As vítimas estavam entre escombros após serem levadas pela correnteza durante a enxurrada.

Portaria fixa novas regras para pagamento de pensões por morte

Medida define os períodos de término do benefício de acordo com a idade.